31 março 2016

31 de Março : Ato pela democracia reúne milhares em Porto Alegre ! Baita orgulho da minha cidade !


Foto: Guilherme Santos/Sul21

O segundo ato nacional em defesa da democracia e do mandato da presidenta Dilma Rousseff (PT), organizado pela Frente Popular e pela Frente Brasil Sem Medo, reuniu dezenas de milhares de manifestantes em Porto Alegre desde as 17h. Segundo a organização, chegaram a ser 60 mil pessoas na Esquina Democrática, no centro da Capital.


 Foto: Guilherme Santos/Sul21


 Foto: Guilherme Santos/Sul21


Foto: Guilherme Santos/Sul21


Foto: Guilherme Santos/Sul21


31/03/2016 - PORTO ALEGRE, RS, BRASIL - Ato na esquina democrática reúne milhares a favor da democracia e contra o golpe. Foto: Guilherme Santos/Sul21


31/03/2016 - PORTO ALEGRE, RS, BRASIL - Ato na esquina democrática reúne milhares a favor da democracia e contra o golpe. Foto: Guilherme Santos/Sul21


31/03/2016 - PORTO ALEGRE, RS, BRASIL - Ato na esquina democrática reúne milhares a favor da democracia e contra o golpe. Foto: Guilherme Santos/Sul21


31/03/2016 - PORTO ALEGRE, RS, BRASIL - Ato na esquina democrática reúne milhares a favor da democracia e contra o golpe. Foto: Guilherme Santos/Sul21


 Foto: Guilherme Santos/Sul21


31/03/2016 - PORTO ALEGRE, RS, BRASIL - Ato na esquina democrática reúne milhares a favor da democracia e contra o golpe. Foto: Guilherme Santos/Sul21


31/03/2016 - PORTO ALEGRE, RS, BRASIL - Ato na esquina democrática reúne milhares a favor da democracia e contra o golpe. Foto: Guilherme Santos/Sul21



Postado no Sul21 em 31/03/2016














Não podemos deixar acontecer o golpe ! 1964 nunca mais !



Lula manda uma saudação a todos os brasileiros que estão nas ruas do país hoje, defendendo a democracia. No sábado (2), o ex-presidente estará no ato contra o golpe em Fortaleza. #GolpeNuncaMais #BrasilContraOGolpe
Publicado por Lula em Quinta, 31 de março de 2016













Voz ativa do teatro contra o golpe e pela democracia


31 de Março de 2016 - O Povo na rua contra o golpe !





Intelectuais, artistas e cientistas entregarão doze manifestos de apoio à Presidente Dilma, contra o Golpe e pela Democracia !








Intelectuais, artistas e cientistas entregarão à presidenta Dilma Rousseff, hoje, 31/3, doze manifestos em favor da democracia e contra o golpe. 

O ato se dará no Palácio do Planalto e contará com mais de 100 pessoas. Entre as personalidades, os atores Letícia Sabatela e Osmar Prado, o jornalista e escritor Fernando Moraes, o produtor de cinema Luís Carlos Barreto, a diretora Ana Muylaert, o escritor Raduan Nassar, o rapper Renegado, o escritor e ilustrador Ziraldo, o sociólogo Emir Sader e o historiador Luiz Felipe Alencastro.

Serão apresentados vídeos de personalidades que não poderão comparecer como o neurocirurgião Miguel Nicolelis, a economista Maria Conceição Tavares e o linguista e filósofo americano Noam Chomsky.

O evento serà às 11h. Na tV, o canal  NBR ( canal 19 ) transmitirá ao vivo, assim como vários blogs progressistas.


30 março 2016

31 de Março vem para a rua ! Não vai ter golpe !


Golpe_____phixr.jpg














No último círculo infernal ficam os traidores, dentre eles Michel Temer





Pedro Benedito Maciel Neto

Em 05 de dezembro de 2015 perguntei aqui no 247: Será Michel Temer um conspirador? 

A resposta torna-se induvidosa hoje. Sim, Michel Temer conspirou ao lado dos derrotados para viabilizar o golpe. Hoje a reunião do PMDB vai apenas convolar a duvida em certeza.

Temer fez escolha irreversível e comanda hipócrita e dissimulado, a ruptura com o governo Dilma, busca apropriar-se da Presidência pela derrubada de sua companheira de chapa, através de um pedido de impeachment que, embora previsto na Constituição, não aponta um crime de responsabilidade indiscutível. E, não havendo crime de responsabilidade devemos ser frontalmente contra a tese dos conspiradores sobre o impeachment.

Outra questão, sem resposta e sem debate, me inquietava naquele 05 de dezembro: se o vice-presidente Michel Temer assinou pelo menos um terço (1/3) dos tais “decretos sem número” utilizados para abrir créditos suplementares sem aprovação do Congresso Nacional (fundamento para o pedido), por que os diletos juristas tucanos que firmaram a petição do impeachment não incluíram o vice-presidente no pólo passivo do pedido de impeachment?

A verdade foi trazida pelo tempo: os juristas de lupanar não incluíram o vice-presidente no pólo passivo do processo porque estava sendo forjado no último círculo infernal um acordo entre o PSDB (herdeiro da UDN), o PMDB. E tudo está a ocorrer com servil concurso do TCU, diligente consultoria do ministro tucano e cobertura em alta definição do PIG.

E em 19 de março escrevi e o 247 publicou que “nos escaninhos de Brasília e sob o Sol do Outono” caminhamos para uma democracia relativa, que seguirá o seguinte roteiro: 

a) em 90 dias Dilma Rousseff será apeada da Presidência da República por um Congresso acovardado, conservador e sob investigação da Policia Federal, com o presidente das duas casas ostentando a condição de réus em processos criminais;

b) o vice-presidente Michel Temer assume a Presidência da República e, como num passe de mágica, a má noticia que contaminam os noticiários televisivos e as manchetes dos jornais desaparecerão;

c) a OPERAÇÃO LAVA-JATO aos poucos será “abafada” através: (i) da transferência de Policiais Federais e Delegados Federais, tudo para “livrar” os cardeais tucanos e peemedebistas (serão presos apenas petistas e “peixes menores”) e (ii) o silêncio obsequioso da mídia golpista;

d) Habeas Corpus serão discretamente concedidos para que os empreiteiros possam voltar à ativa e patrocinar seus parceiros tradicionais, agora de volta ao comando do Planalto;

e) os serviços prestados por Eduardo Cunha para consecução do acordo também não serão esquecidos, ele sim. Cunha não será cassado, nem condenado e poderá seguir desfrutando dos milhões que mantém em contas secretas mundo a fora, sem que ninguém se importe com isso;

Escrevi também que (f) “Sérgio Moro irá num primeiro momento dar aulas numa universidade de prestigio nos EUA e voltará para assumir uma vaga no STF, provavelmente no lugar do Ministro Celso de Mello”, é o que se comenta, mas agora há outro ingrediente no acordo:

g) o STF teria seu colegiado ampliado, sairia dos atuais 11 ministros para 15, 17 ou 21, de tal sorte que os golpistas garantissem uma maioria folgada naquela corte constitucional.

Bem, fato é que com a ruptura do PMDB o golpe, travestido de legalidade, tornou-se uma possibilidade bem concreta, mas os defensores da democracia e do Estado democrático de Direito devem manter-se contra a tese do impeachment, pois nesse quadrante da história é o que se espera dos patriotas, é necessária a defesa da presidência da república para fortalecimento da nossa democracia e das instituições republicanas. 

E, apesar da previsível e sofrível posição dos dirigentes da OAB, ainda há ilhas de sensatez no Brasil. A Comissão Brasileira Justiça e Paz, organismo da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), intelectuais, artistas, legiões de advogados e juristas, além de milhões e milhões de brasileiros e brasileiras têm afirmado que a abertura de processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff carece de subsídios que regulem a matéria, conduzindo a sociedade ao entendimento de que há no contexto motivação de ordem estritamente embasada no exercício da política voltada para interesses contrários ao bem comum, ou seja, trata-se de um Golpe de Estado.

Não há caracterização do crime de responsabilidade nas tais pedaladas, afinal, qualquer um de nós em suas vidas ajusta o pagamento de suas contas, postergando ou antecipando o pagamento de despesas incorridas de um mês para outro. Ao adiar as transferências, o Tesouro tem de fato desembolsos menores todos os meses, o que possibilita a adequação do desembolso à arrecadação. Desde que tudo seja devidamente registrado, respeitando o princípio da publicidade e da transparência, não mereceria censura. 

Bem, o impeachment está fundado num simulacro jurídico, é, portanto, um Golpe de Estado e a apresentação do pedido aumentou a tensão política e amplia instabilidade econômica no País.

Os golpistas são aventureiros irresponsáveis e comprometem a ordem constitucional democrática brasileira, construída com muita luta. São marginais e serão julgados e punidos pela História, independentemente do desfecho.


Postado no Brasil 247 em 29/03/2016




















CÉREBROS DO GOLPE CONTRA DILMA, LULA E A DEMOCRACIA



Gilmar Mendes opera no Judiciário e José Serra seria uma espécie de superministro; Fernando Henrique Cardoso já estaria cotado para a Esplanada dos Ministérios; Armínio Fraga aceleraria privatizações e cortes de direitos econômicos e sociais; Michel Temer acabaria com a reeleição e ‘sairia do páreo’ nas eleições de 2018; Armínio Fraga seria o ideólogo da política macroeconômica, com a estratégia é implantar o Estado Mínimo; direitos dos trabalhadores virariam letra morta.



Postado no Brasil 247 em 27/03/2016






Sacadas : espaços aproveitados com praticidade e charme



SPACE: BALCONY. i love the neatness of this small balcony garden.:



Terraço do You, Vila Conceição:



ideia para pequenas varandas:












imagem (13)

28 março 2016

Corrida contra o Golpe !











CORRIDA CONTRA O GOLPEAcesse!http://mapadademocracia.org.br#CorridaContraGolpe#VemPraDemocracia #31VaiSerMaior
Publicado por Jandira Feghali em Domingo, 27 de março de 2016


Clique no chamado "Mapa da Democracia", a ferramenta possibilita que os internautas enviem mensagens aos deputados, seja de apoio, seja para convencê-los a votar contra o processo da presidente no Congresso.











Eles querem golpear os direitos do trabalhador!




























Aviso geral : O Brasil precisa saber


Janio de Freitas: vazamento foi para desafiar Eugênio Aragão


Igor Fuser

É preciso avisar tod@s @s brasileir@s, informar de um modo tão claro e objetivo que até as carrancas do Rio São Francisco tenham conhecimento de que:

1. O pedido de impeachment da presidenta Dilma Rousseff não tem NADA A VER com a Operação Lava Jato, nem com qualquer outra iniciativa de combate à corrupção. Dilma não é acusada de roubar um único centavo.

O pretexto usado pelos políticos da oposição para tentar afastá-la do governo, a chamada “pedalada fiscal”, é um procedimento de gestão do orçamento público de rotina em todos os níveis de governo, federal, estadual e municipal, e foi adotado nos mandatos de Fernando Henrique e de Lula sem qualquer problema. 

Ela, simplesmente, colocou dinheiro da Caixa Econômica Federal em programas sociais, para conseguir fechar as contas e, no ano seguinte, devolveu esse dinheiro à Caixa. Não obteve nenhum benefício pessoal e nem os seus piores inimigos conseguem acusá-la de qualquer ato de corrupção.

2. O impeachment é um golpe justamente por isso, porque a presidente só pode ser afastada se estiver comprovado que ela cometeu um crime - e esse crime não aconteceu, tanto que, até agora, o nome de Dilma tem ficado de fora de todas as investigações de corrupção, pois não existe, contra ela, nem mesma a mínima suspeita.

3. Ao contrário da presidenta Dilma, os políticos que pedem o afastamento estão mais sujos que pau de galinheiro. 

Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que como presidente da Câmara é o responsável pelo processo do impeachment, recebeu mais de R$ 52 milhões só da corrupção na Petrobrás e é dono de depósitos milionários em contas secretas na Suíça e em outros paraísos fiscais. 

Na comissão de deputados que analisará o pedido de impeachment, com 65 integrantes, 37 (mais da metade!) estão na mira da Justiça, investigados por corrupção. Se eles conseguirem depor a presidenta, esperam receber, em troca, a impunidade pelas falcatruas cometidas.

4. Quem lidera a campanha pelo impeachment é o PSDB, partido oposicionista DERROTADO nas eleições presidenciais de 2014. Seu candidato, Aécio Neves, alcançar no tapetão o mesmo resultado político que não foi capaz de obter nas urnas, desrespeitando o voto de 54.499.901 brasileiros e brasileiras que votaram em Dilma (3,4% mais do que os eleitores de Aécio no segundo turno).

5. Se o golpe se consumar, a oposição colocará em prática todas as propostas elitistas e autoritárias que Aécio planejava implementar se tivesse ganho a eleição.

O presidente golpista irá, com toda certeza, mudar as leis trabalhistas, em prejuízo dos assalariados; revogar a política de valorização do salário mínimo; implantar a terceirização irrestrita da mão-de-obra; entregar as reservas de petróleo do pré-sal às empresas transnacionais (como defende o senador José Serra); privatizar o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal; introduzir o ensino pago nas universidades federais, como primeiro passo para a sua privatização; reprimir os movimentos sociais e a liberdade de expressão na internet; expulsar os cubanos que trabalham no Programa Mais Médicos; dar sinal verde ao agronegócio para se apropriar das terras indígenas; eliminar a política externa independente, rebaixando o Brasil ao papel de serviçal dos Estados Unidos. 

É isso, muito mais do que o mandato da presidenta Dilma ou o futuro político de Lula, o que está em jogo na batalha do impeachment.

6. É um engano supor que a economia irá melhorar depois de uma eventual mudança na presidência da república. Todos os fatores que conduziram o país à atual crise continuarão presentes, com vários agravantes. A instabilidade política será a regra. 

Os líderes da atual campanha golpista passarão a se digladiar pelo poder, como piranhas ao redor de um pedaço de carne. 

E Dilma será substituída por um sujeito fraco, Michel Temer, mais interessado em garantir seu futuro (certamente uma cadeira no Supremo Tribunal Federal) e em se proteger das denúncias de corrupção do que em governar efetivamente. A inflação continuará aumentando, e o desemprego também.

7. No plano político, o Brasil mergulhará num período caótico, de forte instabilidade. A derrubada de uma presidenta eleita, sacramentada pelo voto, levará o país em que, pela primeira vez desde o fim do regime militar, estará à frente do Executivo um mandatário ilegítimo, contestado por uma enorme parcela da sociedade.

8. O conflito dará a tônica da vida social. As tendências fascistas, assanhadas com o golpe, vão se sentir liberadas para pôr em prática seus impulsos violentos, expressos, simbolicamente, nas imagens de bonecos enforcados exibindo o boné do MST ou a estrela do PT e, de uma forma mais concreta, nas invasões e atentados contra sindicatos e partidos políticos, nos ataques selvagens a pessoas cujo único crime é o de vestir uma camisa vermelha. 

O líder dessa corrente de extrema-direita, o deputado Jair Bolsonaro, já defendeu abertamente, num dos comícios pró-impeachment, que cada fazendeiro carregue consigo um fuzil para matar militantes do MST.

9. Os sindicatos e os movimentos sociais não ficarão de braços cruzados diante da truculência da direita e da ofensiva governista e patronal contra os direitos sociais duramente conquistados nas últimas duas décadas. Vão resistir por todos os meios – greves, ocupações de terras, bloqueio de estradas, tomada de imóveis, e muito mais.

O Brasil se tornará um país conflagrado, por culpa da irresponsabilidade e da ambição desmedida de meia dúzia de políticos incapazes de chegar ao poder pelo voto popular. Isso é o que nos espera se o golpe contra a presidenta Dilma vingar.

10. Mas isso não acontecerá. A mobilização da cidadania em defesa da legalidade e da democracia está crescendo, com a adesão de mais e mais pessoas e movimentos, independentemente de filiação partidária, de crença religiosa e de apoiar ou não as políticas oficiais. 

A opinião de cada um de nós a respeito do PT ou do governo Dilma já não é o que importa. 

Está em jogo a democracia, o respeito ao resultado das urnas e à norma constitucional que proíbe a aplicação de impeachment sem a existência de um crime que justifique essa medida extrema. Mais e mais brasileiros estão percebendo isso e saindo às ruas contra os golpistas. 

Neste dia 31 de março, a resistência democrática travará mais uma batalha decisiva.

É essencial a participação de todos, em cada canto do Brasil, Todos precisamos sair às ruas, em defesa da legalidade, da Constituição e dos direitos sociais. Todos juntos! O fascismo não passará! Não vai ter golpe!


* Este texto incorpora trechos de artigos de Jeferson Miola e de Fabio Garrido. Igor Fuser é professor de relações internacionais na Universidade Federal do ABC (UFABC).


Postado no Blog do Miro em 28/03/2016




Vejam numerosas manifestações de entidades da sociedade brasileira pela democracia e contra o golpe: religiosos, cientistas, professores, pesquisadores, governadores, trabalhadores operários, movimentos sociais, arquitetos, geógrafos, economistas, planejadores, profissionais da saúde, evangélicos, jornalistas, artistas e intelectuais, movimento negro, movimento LGBT, músicos, juristas, entre muitos outros . . . Clicando em cada uma você poderá ler sobre o posicionamento de cada entidade contra o Impeachement / Golpe da Presidente Dilma.

 Fórum 21 


27 março 2016

Em alemão, inglês, francês, espanhol e português, brasileiros denunciam ao mundo o golpe no Brasil. Veja os vídeos



#NãoVaiTerGolpe, Vai ter luta


publicado em 27 de março de 2016 às 10:35

Meu nome é Ana Janaína de Souza, 
sou psicóloga, eu quero denunciar o golpe de Estado que está acontecendo no Brasil. 
Os motivos estão neste vídeo que eu gravei.

Espalhe essa mensagem para o mundo. Faça com que ela chegue a um maior número de pessoas em seu país.

Faça o mesmo com as mensagens de outros brasileiros que estão abaixo.

Você pode mandar o seu vídeo para: vaiterluta@gmail.com












Postado no Viomundo


Feliz Domingo de Páscoa !
















A Força do Amor

( Sebastien )

Eu proteger-te-ei dos teus medos

Sou o teu principe azul

Anjo do céu

Nada mais há que temer


( Carlos )

Hoje, tal como ontem, sempre me vais ter

Apenas importa o teu amor, dá-mo

Aqui estou


( David )

La fuerza mayor

A maior força está no Amor

É interior

O objetivo é dá-lo

Deverás mostrá-lo sem razão

Com o coração


( Urs )

Prometo que te cuidarei

E viverei apenas para te amar

Quando triste estiveres, ali estarei

Com este imenso amor

Que sinto por ti e nunca chorarás

Serás a/o única/o


( Sebastien )

Apenas o teu amor importa, dá-mo

Estou aqui


( Todos )

La fuerza mayor

A maior força está no Amor

É interior

O objetivo é dá-lo deverás mostrá-lo

Com o coração


La fuerza mayor

A maior força está no Amor

É interior

O objetivo é dá-lo

Deverás mostrá-lo sem razão

Com o coração




26 março 2016

Dúvidas Pascais






- Papai, o que é Páscoa?

- Ora, Páscoa é ...... bem ...... é uma festa religiosa! 

- Igual Natal? 

- É parecido. Só que no Natal comemora-se o nascimento de Jesus, e na Páscoa, se não me engano, comemora-se a sua ressurreição. 

- Ressurreição?

- É, ressurreição. Marta, vem cá! 

- Sim? 

- Explica pra esse garoto o que é ressurreição pra eu poder ler o meu jornal. 

- Bom, meu filho, ressurreição é tornar a viver após ter morrido. Foi o que aconteceu com Jesus, três dias depois de ter sido crucificado. Ele ressuscitou e subiu aos céus. Entendeu?

- Mais ou menos ....... . Mamãe, Jesus era um coelho?

- Que é isso menino? Não me fale uma bobagem dessas! Coelho! Jesus Cristo é o Papai do Céu! Nem parece que esse menino foi batizado! Jorge, esse menino não pode crescer desse jeito, sem ir numa missa pelo menos aos domingos. Até parece que não lhe demos uma Educação cristã! Já pensou se ele solta uma besteira dessas na escola? Ave Maria! 

- Mamãe, mas o Papai do Céu não é Deus?

- É filho, Jesus e Deus são a mesma pessoa. Você vai estudar isso no catecismo. Chama-se a Trindade. Deus é Pai, Filho e Espírito Santo. 

- O Espírito Santo também é Deus? É sim.

- E Minas Gerais? 

- Sacrilégio!!! 

- É por isso que a Ilha da Trindade fica perto do Espírito Santo? 

- Não é o Estado do Espírito Santo que compõe a Trindade, meu filho, é o Espírito Santo de Deus. É um negócio meio complicado, nem a mamãe entende direito. Mas quando você for no
catecismo a professora explica tudinho! 

- Bom, se Jesus não é um coelho, quem é o coelho da Páscoa? 

- Eu sei lá! É uma tradição. É igual a Papai Noel, só que ao invés de presente ele traz ovinhos. 

- Coelho bota ovo? 

- Chega! Deixa eu ir fazer o almoço que eu ganho mais!

- Papai, não era melhor que fosse galinha da Páscoa?
- Era, era melhor, ou então urubu. 

- Papai, Jesus nasceu no dia 25 de dezembro, né? Que dia que ele morreu? 

- Isso eu sei: na sexta-feira santa.

- Que dia e que mês? 

- ??????? Sabe que eu nunca pensei nisso? Eu só aprendi que ele morreu na sexta-feira santa e ressuscitou três dias depois, no sábado de aleluia.

- Um dia depois. 

- Não, três dias. 

- Então morreu na quarta-feira.

- Não, morreu na sexta-feira santa ....... ou terá sido na quarta-feira de cinzas? Ah, garoto, vê se não me confunde! Morreu na sexta mesmo e ressuscitou no sábado, três dias depois!                   
- Como? 

- Pergunte à sua professora de catecismo!

- Papai, por que amarraram um monte de bonecos de pano lá na rua? 

- É que hoje é sábado de aleluia, e o pessoal vai fazer a malhação do Judas. Judas foi o apóstolo que traiu Jesus.

- O Judas traiu Jesus no sábado?

- Claro que não! Se ele morreu na sexta!!!

- Então por que eles não malham o Judas no dia certo?

- É, boa pergunta. Filho, atende o telefone pro papai. Se for um tal de Rogério diz que eu saí.

- Alô, quem fala? 

- Rogério Coelho Pascoal. Seu pai está?

- Não, foi comprar ovo de Páscoa. Ligue mais tarde, tchau.
- Papai, qual era o sobrenome de Jesus?
- Cristo. Jesus Cristo. 

- Só? 

- Que eu saiba sim, por quê?

- Não sei não, mas tenho um palpite de que o nome dele era Jesus Cristo Coelho. Só assim esse negócio de coelho da Páscoa faz sentido, não acha? 

- Coitada! 

- Coitada de quem? 

- Da sua professora de catecismo!

                                                        
        Luis Fernando Veríssimo



Tempo é mais do que dinheiro. Tempo é vida





Silvia Marques

O mesmo tempo que te faz “esquecer” uma decepção, é o tempo que nos afasta das pessoas e coisas que mais amamos. Falamos constantemente que nos falta tempo. Mas, o tempo que nos falta é para descansar, para rir, para criar, para ver os amigos, para brincar com os filhos, para namorar o marido/esposa, para fazer aquilo que realmente importa.


Em “…E o vento levou” há uma citação na primeira meia hora do filme , dizendo que não devemos desperdiçar tempo pois a vida é feita dele.


No mundo empresarial, dizer que tempo é dinheiro é bastante comum. Porém, tempo é mais do que dinheiro. Tempo é vida. Sim, o tempo é a matéria-prima da vida como o trigo é a matéria-prima do pão. Desperdiçar tempo ou fazer alguém desperdiçar é desperdiçar vida, o nosso bem maior.

Podemos ressarcir o dinheiro roubado ou perdido. Podemos repor um objeto quebrado. Mas não podemos devolver o tempo perdido. Por tal razão, é tão importante levarmos a sério o valor do tempo. Não devemos considerar o tempo apenas no sentido de fechar feridas e embaçar a vista para memórias devastadoras. Devemos pensar a questão do tempo como sinônimo da própria vida e da necessidade de torná-la significativa.

Não devemos nos deixar levar pelo tempo como se ele fosse uma fonte inesgotável. E se algumas dores apenas o tempo cura, por outro lado, o tempo mal aproveitado pode nos fazer perder amigos, desistir de sonhos, deixar o amor em segundo plano, abandonar a nós mesmos.

O mesmo tempo que te faz “esquecer” uma decepção, é o tempo que nos afasta das pessoas e coisas que mais amamos. Falamos constantemente que nos falta tempo. Mas o tempo que nos falta é para descansar, para rir, para criar, para ver os amigos, para brincar com os filhos, para namorar o marido/esposa, para fazer aquilo que realmente importa.

A nossa sociedade altamente competitiva está drenando o nosso tempo, isto é , a nossa vida por meio de um canudinho de pseudo felicidade. Temos tempo para stalkear a vida alheia, mas não temos tempo para tomar um café ou chope com os amigos. Tempos tempo para ir à academia todos os dias, antes do trabalho, mas não temos tempo para ficar com a família. Temos tempo para ler todos os livros motivacionais que a nossa empresa indica, mas não temos tempo para ler o que realmente nos interessa.

Falta tempo também para o ócio criativo. Sim, o ócio quando bem aproveitado é uma período riquíssimo para descobrir soluções inusitadas para a vida, além de ser muito relaxante. Mas para a nossa sociedade, relaxar parece coisa pouco importante, quase supérflua. Relaxa-se quando todo o resto já foi feito.

Não é à toa que as pessoas investem muito mais tempo e dinheiro em drenagens linfáticas e massagens redutoras de medidas do que em massagens relaxantes que reequilibram as energias do organismo. Não é à toa, que as pessoas investem muito mais tempo e dinheiro em roupas, bolsas e sapatos que visam proporcionar uma imagem de status do que em fazer uma boa terapia para reestruturar questões essenciais que poderiam aumentar incrivelmente a qualidade de vida. A maioria prefere tomar Rivotril e/ou ler livro de autoajuda. Não é a toa que sabemos mais sobre fatos e pessoas que estão do outro lado do mundo do que sobre aqueles que estão ao nosso redor.

Podemos perder tempo também quando insistimos em escolhas erradas. Quando estamos desconfortáveis em um lugar e permanecemos por comodismo ou medo de mudar. Tem gente que insiste em continuar uma faculdade que odeia, um relacionamento amoroso vazio ou se deixa enredar por uma série de pequenos compromissos e dinâmicas sociais que nada acrescentam e só nos sugam.

Reclamamos da falta de tempo, mas não sabemos aproveitá-lo. Em muitos outros casos, até sabemos, mas a dinâmica social e a necessidade de matar um leão por dia nos impede de colocar em prática o que entendemos e sentimos. Criar um esquema de vida que preserve para nós o máximo possível de tempo é uma arte preciosa. Cabe a cada um de nós descobrir por qual vazamento o nosso tempo está sendo escoado.

Muito tempo nas redes sociais? Está trabalhando além do necessário? Está aceitando todos os convites sociais por mera educação? Está obcecado demais com os cuidados com a aparência? Está fazendo cursos que não são realmente importantes para a sua carreira? Aprender a dizer não e selecionar o que é realmente urgente e/ou importante me parecem os primeiros passos para começar a resgatar mais tempo. Porém, estas dicas são generalizantes e insuficientes para reconstruir qualquer existência. Sim, somos nós que precisamos criar a nossa própria receita. Somos nós que precisamos descobrir onde estão as faltas e excessos. Mas no final das contas, esta “perda de tempo” realizando este tipo de planejamento se tornará o maior dos investimentos.


Postado no O Segredo











Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...