16 maio 2015

Coisas " saudáveis " que não vou mais fazer



Eu estive no negócio “fitness” por mais de 15 anos, na frente e atrás das câmeras, dando aulas semanais em Nova York, Los Angeles e outros estados. Eu vi a ascensão da Zumba e de outras formas de exercício.

O espaço de saúde e fitness é tão cheio de opiniões, orientações e fotos de bumbuns no Instagram.

E eu estou cansada.

Embora esta indústria tenha sido muito boa para mim, eu luto com o que os “especialistas” estão fazendo aos outros. Podemos, por favor dar um passo para trás e olhar objetivamente para a cultura que estamos criando? Nós nos tornamos uma sociedade obcecada: com o trabalho fora, com pratos sem glúten, com a primeira fila, com o ioga do Instagram.

Talvez eu seja hipersensível porque os transtornos alimentares têm me atormentado desde o colegial. Ou talvez, na idade madura de 41 anos, eu esteja começando a crescer em mim mesma e percebendo que é hora de parar com a perda de peso temporária, modismos e abordagens fanáticas para a saúde. Finalmente, o meu desejo de ser feliz é maior do que o meu desejo de ser magra.

Então aqui vai uma pequena lista de coisas “saudáveis” das quais estou cansada.

1. Estou cansada de regras alimentares.

2. Estou cansada de “hackers”. Bio, mente, Internet ou qualquer outro atalho para “descobrir as coisas.” Eu entendo que todos nós queremos sentir o nosso melhor e operar em níveis ideais, mas a vida é confusa e, caso você não tenha notado, você não tem controle sobre ela. Então desista e desfrute o passeio.

3. Eu estou cansada de Ioga. Você me ouviu. Eu posso chegar no meu tapete de todos os dias e brincar com meus cães, mas eu estou cansada da ioga como exercício. Você quer um pouco de cardio? Vá correr.

4. Estou cansada de correr … de meus medos e inseguranças. E todas as horas que passo na esteira, não os os faz desaparecer.

5. Estou cansada de me olhar no espelho e criticar cada polegada, milímetro e linha. Estou realmente chocado com tanto desgosto e julgamento que coloquei nesta máquina incrível que é meu corpo, e mesmo assim ele continua a mostrar-se dia após dia sem nenhum tipo de remorso.

6. Estou cansada de me comparar a minha mim mesma quando tinha 29 anos.

7. Estou cansada de desculpas. Minhas e de outros. Uma que eu ouço o tempo todo? “Eu não posso meditar.” Sim, você pode. Assim como eu fiz: sentando minha bunda com os ombros caídos dia após dia, ano após ano, resistindo ao desconforto, distrações, pernas dormentes e uma mente louca. Até que não foi tão desconfortável, minhas distrações sumiram e minhas pernas podiam tolerar uma posição por até 50 minutos. Qualquer coisa que vale a pena fazer exigirá desconforto.

8. Estou cansada de ler em busca de soluções – não importa quão válida – para os meus problemas, reais ou imaginários. Quando o suficiente será suficiente?

Quando vamos parar de olhar para a mais recente celebridade do YouTube ou Instagram e começar a seguir o melhor especialista de todos? VOCÊ.

Foi você quem criou sua fonte de descontentamento, seja obesidade, ansiedade, tristeza ou mal-estar em qualquer nível. Só você tem a solução. Assuma a responsabilidade e pare de procurar respostas fora de si mesmo.

Saiba que a resposta não está em uma foto de ioga ou em uma posição bem contorcida, mas na sua própria sabedoria e luz interior.

No final do dia, o inimigo não é o açúcar, ou Facebook. O inimigo é nossa mente. Se pudermos descobrir como domá-la, teremos paz rapidamente.



Traduzido pela equipe de O Segredo



Postado no O segredo


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...